Peter Berg quer The Rock e Jonah Hill para a sequela de ‘Bem-vindos à Selva’

the-rock-e-jonah-hill_bem-vindos-a-selva-2

Cinco anos depois de se estrear na realização de longas-metragens com ‘Eram Todos Bons Rapazes’, Peter Berg  (O Sobrevivente) dirigiu em 2003 o seu segundo projeto, a comédia de ação ‘Bem-vindos à Selva’ (The Rundown), protagonizado por Dwayne Johnson (San Andreas), nos tempos iniciais da sua carreira em Hollywood. O ator estreou-se no cinema em 2001, com ‘O Regresso da Múmia’ e no mesmo ano integrou o elenco de ‘Longshot’. Em 2002, protagonizou ‘O Rei Escorpião’.

Na trama, Johnson interpretou Beck, um caçador de recompensas profissional que deseja abandonar o negócio, para depois abrir o seu próprio restaurante, após a reforma. No entanto, decide aceitar um último trabalho quando é contratado pelo seu chefe para ir ao Brasil e resgatar o seu filho, Travis (Seann William Scott), que desapareceu na selva amazónica.

Berg tentou durante alguns anos desenvolver uma sequela, mas agora, treze anos depois, o cineasta mantém os desejos para a continuação e numa entrevista revelou que pretende o regresso de The Rock e um novo companheiro, o comediante Jonah Hill (Os Traficantes).

“Temos falado sobre isso. Eu queria fazer com o Kevin Hart e Dwayne Johnson, mas se pudesse ter o Jonah Hill, começaria a filmar amanhã. Tudo é possível, mas é difícil reunir toda a gente e sincronizar as agendas. Já temos um guião. Falem com o Hill, se ele o fizer, estou dentro”, disse Berg à Collider.

Apesar de ter críticas positivas, o filme original, com um orçamento estimado em US$ 85 milhões, fracassou nas bilheteiras e deu prejuízo ao estúdio, ao arrecadar quase 81 milhões de dólares em todo o mundo.

BIGTheme.net • Free Website Templates - Downlaod Full Themes