Gary Oldman vai dirigir e protagonizar o filme biográfico “Flying Horse”

Mais de vinte anos depois de fazer a estreia na realização com o drama “Nil by Mouth (1997)”, Gary Oldman regressa à cadeira de realizador para dirigir “Flying Horse”, um filme biográfico em que dará vida ao fotografo inglês Eadweard Muybridge (1830-1904), conhecido pelas suas experiências pioneiras com o uso de múltiplas câmaras para captação de movimento e inventor do zoopraxiscópio, o primeiro projetor do mundo.

No entanto e segundo o Deadline, o filme estará centrado numa parte mais negra da vida de Muybridge, quando em 1874 e após descobrir que a sua esposa tinha um amante, o Major Harry Larkyns, enfrentou-o e disse-lhe: “Boa noite Major, o meu nome é Muybridge e aqui está a resposta para a carta que você enviou para minha esposa”, matando-o à queima-roupa com tiros de caçadeira. Muybridge foi absolvido do assassinato por este ser considerado “um homicídio justificável”.

O projeto já estava na mente de Oldman há alguns anos e só agora começará a ser desenvolvido graças a um acordo com o produtor Tucker Tooley, responsável por obter o financiamento.

Depois de ter vencido este ano o Óscar de Melhor Ator por “A Hora Mais Negra”, Oldman está envolvido em vários projetos, sendo recentemente anunciado para o elenco de “The Laundromat”, o novo filme de Steven Soderbergh.

Artigos relacionados

Contribua com a sua opinião!

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *