Festival de Veneza 2016: Nuno Lopes venceu prémio de melhor ator

festival-de-veneza-2016-nuno-lopes

O actor português Nuno Lopes venceu e recebeu o prémio de Melhor Ator, pela sua interpretação em ‘São Jorge‘, drama do realizador Marco Martins, que competiu na secção Horizontes do 73º Festival de Veneza.

Durante o discurso, o ator dedicou o prémio às pessoas do bairro da Jamaica e da Bela Vista, locais onde se passa a longa-metragem e a Marco Martins, amigo de longa data e com o qual tinha trabalhado em 2005, com o filme ‘Alice’. Na sua página no Facebook, o ator escreveu: “Estou sem palavras”.

veneza-2016_nuno-lopes_melhor-atorO filme é um olhar sobre os anos de intervenção da troika em Portugal e a crise financeira que recentemente atingiu o nosso país. Cruzando a ficção com o documentário, a trama centra-se na história de um boxeur, personagem protagonizado por Nuno Lopes, desempregado de longa duração que aceita um emprego numa empresa de cobranças difíceis, para pagar as suas próprias dívidas.

Este ano, o ator foi visto nas salas portuguesas em ‘Posto Avançado do Progresso‘ e está previsto regressar no próximo dia 3 de novembro com o filme que lhe valeu o prémio em Veneza.

‘Liberami’, de Federica di Giacomo, venceu o prémio principal da Secção Horizontes.

Confira todos os premiados desta secção:

MELHOR FILME
– ‘Liberami’, de Federica Di Giacomo

MELHOR REALIZADOR
– Fien Troch, por ‘Home’

PRÉMIO ESPECIAL DO JÚRI
– ‘Big Big World’, de Reha Erdem

MELHOR ATOR
Nuno Lopes, por ‘São Jorge’ de Marco Martins

MELHOR ATRIZ
– Ruth Diaz, por ‘Tarde para la ira’ de Raúl Arévalo

MELHOR ARGUMENTO
– Wang Bing, por ‘Ku Qian’ (Bitter Money)

MELHOR CURTA-METRAGEM
– ‘La Voz Perdida’, de de Marcelo Martinessi

BIGTheme.net • Free Website Templates - Downlaod Full Themes