Conheça a programação oficial da 37ª edição do Fantasporto

Já é conhecida a programação oficial da 37ª edição do FantasPorto – Festival Internacional de Cinema do Porto, que vai realizar-se entre o dia 20 de fevereiro (secção competitiva a partir do dia 24) e 5 de março de 2017, no Teatro Municipal Rivoli.

Naquele será o melhor cartaz de sempre do festival, segundo a organização, o Fantas 2017 terá como filme de abertura ‘The Age of Shadows’, do cineasta sul-coreano Jee-woon Kim. Para encerramento do certame, foi escolhida a produção do brasileiro Walter Lima Jr., ‘Através da Sombra’ (Through the Shadow).

No longo programa competitivo do Fantas 2017, encontram-se três produções nacionais, com destaque para o último filme com a participação de Nicolau Breyner, ‘A Ilha dos Cães’, do realizador Jorge António. ‘A Floresta das Almas Perdidas’, de José Pedro Lopes e ‘Comboio de Sal e Açúcar’, são os outros dois títulos. A produção suiça ‘Rewind’, dirigida pelo português Pedro Joaquim também faz parte do programa. Fora da competição, o cinema luso marca presença com o filme de António de Macedo, ‘O Segredo das Pedras Vivas’.

O cineasta holandês Ate de Jong é o homenageado da edição deste ano e vai receber o Prémio de Carreira do Fantasporto. Para tal, serão exibidos os filmes ‘Drop Dead Fred’ (1991), uma das suas obras-primas e o seu mais recente trabalho ‘Love is Thicker than Water’, misto de imagem real e animação, este em competição.

O evento conta ainda com uma retrospectiva sobre o cinema de ação de Taiwan e outra sobre o moderno cinema argentino, sob o título ‘O Sabor das Pampas’. As novelas e séries fantástica da televisão, também tem espaço na programação, com a apresentação em antestreia mundial de alguns episódios, por parte da TV Globo. Uma outra novidade será a Secção “Mini Me” dedicada ao público infantil e pré- adolescente.

Mas nem só de cinema vive este prestigiado festival portuense. Haverá também um programa especial, em paralelo com outras artes que inclui conferências, workshops e uma exposição da artista plástica Catarina Machado.

Para mais informações, consulte o site oficial do Fantasporto.

Eis a programação:

Filme de Abertura: ‘The Age of Shadows’, de Jee-woon Kim
Filme de Encerramento: ‘Through the Shadow’, de Walter Lima Jr.

SECÇÃO CINEMA FANTÁSTICO – COMPETIÇÃO
– ‘Neil Stryker and the Tyrant of Time’
de Rob Taylor – EUA
– ‘OMG I’m a Robot’
de Tai Goldberg e Gal Zelezniak – Israel
– ‘Realive’
de Mateo Gil – Espanha/França
– ‘El Ataud Blanco’
de Daniel de la Vega – Argentina
– ‘Division 19’
de S.A. Halewood – Reino Unido/EUA
– ‘The Darkest Dawn’
de Drew Casson – Reino Unido
– ‘Saving Sally’
de Avid Liongoren – França/Filipinas
– ‘Loop’
de Isti Madarász – Hungria
– ‘ Paranormal Drive’
de Oleg Assadulin – Rússia
– ‘The White King’
de Alex Helfrecht e Jorg Tittle – Reino Unido/Hungria/Alemanha/Suécia
– ‘Incarnation’
de Filip Kovacevic – Sérvia/Macedónia
– ‘The Evil Within’
de Andrew Getty – EUA
– ‘The Wailing’
de Na Hong Jin – Coreia do Sul
– ‘Tuos’
de Roderick Cabrido – Filipinas
– ‘Night of a 1000 Hours’
de Virgil Widrig – Áustria/Luxemburgo/Holanda
– ‘ A Dark Song’
de Liam Gavin – Irlanda/Reino Unido
– ‘Rewind’
de Pedro Joaquim – Suiça
– ‘A Repartição do Tempo’
de Santiago Dellape- Brasil
– ‘El Muerto Cuenta Su Historia’
de Fabián Forte – Argentina
– ‘A Ilha dos Cães’
de Jorge António – Portugal/Angola/São Tomé
– ‘Caught’
de Jaimie Patterson – Reino Unido

27ª SEMANA DOS REALIZADORES
– ‘Pamilya Ordinaryo’
de Eduardo W. Roy jr. – Filipinas
– ‘Love is Thicker Than Water’
de Emily Harris e Ate de Jong – Reino Unido
– ‘Sins of the Flesh’
de Khaled el Agar – Egipto
– ‘Lines’
de Vassilis Mazomenos – Grécia
– ‘El Ganzo’
de Steve Balderson – EUA
– ‘A Floresta das Almas Perdidas’
de José Pedro Lopes – Portugal
– ‘The Net’
de Kim Ki Duk – Coreia do Sul
– ‘The Age of Shadows’
de Jee-woon Kim – Coreia do Sul
– ‘The Citizen’
de Roland Vranik – Hungria
– ‘Comboio de Sal e Açúcar’
de Licinio Azevedo – Portugal/ Moçambique/ Africa do Sul/ França/ Brasil

SECÇÃO ORIENTE EXPRESSO
– ‘Seoul Station’
de Yeon Sangho – Coreia do Sul
– ‘Saving Sally’
de Avid Liongoren – França/Filipinas
– ‘The Wailing’
de Na Hong Jin – Coreia do Sul
– ‘Tuos’
de Roderick Cabrido – Filipinas
– ‘Pamilya Ordinaryo’
de Eduardo W. Roy Jr. – Filipinas
– ‘The Net’
de Kim Ki Duk – Coreia do Sul
– ‘Dearest Sister’
de Mattie Do Laos
– ‘The Age of Shadows’
de Jee-woon Kim – Coreia do Sul

SECÇÃO FORA DA COMPETIÇÃO
– ‘Bloodlands’
de Steven Kastrissios – Austrália /Albânia
– ‘The High Frontier’
de Wojciech Kasperski – Polónia
– ‘Night of the Living Deb’
de Kyle Rankin – EUA
– ‘Lost Solace’
de Chris Scheuerman – EUA
– ‘The Rift’
de Deran Zecevic – Sérvia
– ‘Though the Shadow’
de Walter Lima Jr – Brasil
– ‘Land of the Good Children’
de Olga Kaptur Tomenko – Rússia
– ‘Seoul Station’
de Yeon Sangho – Coreia do Sul
– ‘Peelers’
de Sevé Schelenz – Canadá
– ‘Enclosure’
de Patrick Rea – EUA
– ‘Attack of the Lederhosen Zombies’
de Dominik Hartl – Austria
– ‘Heart of Stone’
de Johannes Naber – Alemanha
– ‘Don’t Hang Up’
de Alexis Wajsbrot e Damien Macé – Reino Unido
– ‘Night of a 1000 Hours’
de Virgil Widrig – Áustria/Luxemburgo /Holanda
– ‘O Segredo das Pedras Vivas’
de António de Macedo – Portugal
– ‘Land of Light’
de David Ruf – Síria/Turquia/ Alemanha
– ‘Dearest Sister’
de Mattie Do – Laos

RETROSPECTIVAS

O SABOR DAS PAMPAS – TERROR ARGENTINO
– ‘Visitante de Invierno’
de Sergio Esquenazi
– ‘Malditos Sean’
de Fábian Forte e Demian Rugno
– ‘Los Innocentes’
de Maurício Brunetti
– ‘Resurrección’
de Gonzalo Calzada
– ‘El Ataud Blanco’
de Daniel de la Vega
– ‘Necrofobia’
de Daniel de la Vega
– ‘Penumbra’
de Adrian Garcia Bogliano e Ramon Garcia Bogliano
– ‘El Muerto Cuenta su Historia’
de Fabián Fuerte

CLÁSSICOS DO TAIWAN
– ‘The Swordsman of all Swordsmen’
de Joseph Kuo
– ‘A City Called Dragon’
de Tu Chun Hsun
– ‘Iron Mistress’
de Sung Tsun-Shou
– ‘The Grand Passion’
de Yang Shih-Ching
– ‘The Fly Dragon Mountain’
de Chen Hung Min
– ‘A Touch of Zen’
de King Hu
– ‘Dragon Inn’
de King Hu

SECÇÃO MINI ME
– ‘Neil Stryker and the Tyrant of Time’
de Rob Taylor – EUA
– ‘Saving Sally’
de Avid Liongoren – França/Filipinas
– ‘Land of the Good Children’
de Olga Kaptur Tomenko – Rússia
– ‘Seoul Station’
de Yeon Sangho – Coreia do Sul