4º Porto/Post/Doc: Film & Media Festival – 27 de novembro a 3 de dezembro

Está a chegar à Cidade Invicta a 4ª edição do Porto/Post/Doc: Film & Media Festival, que ocorrerá de 27 de novembro a 3 de dezembro de 2017. O festival irá ocupar quatro espaços do Porto: Teatro Municipal do Porto – Rivoli, Cinema Passos Manuel, a Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto e o Maus Hábitos – Espaço de Intervenção Cultural.

Para a organização, estes sete dias do festival são “como um ponto de encontro para criadores, público e profissionais do cinema”, tendo como objetivo promover a cultura cinematográfica, exibindo as novas formas do cinema contemporâneo.

Um dos pontos altos da programação do Porto/Post/Doc é a sua Competição Internacional, além das secções como Transmission, para documentários sobre música e festas noturnas ou o Fórum do Real, com debates com especialistas e académicos. O Festival portuense contará ainda com a Competição Cinema Novo, como forma de reconhecer a importância da produção cinematográfica nas escolas, a Cinefiesta, uma seleção de documentários espanhóis e o Cinema Falado, filmes relacionados com cineastas portugueses ou temáticas da cultura portuguesa.

Destaque também para o Foco Cinema-Verdade: 100 Anos de Jean Rouch, onde serão projetadas as principais obras do autor francês, em cópias restauradas, numa homenagem ao centésimo aniversário do seu nascimento, o Foco Peter Mettler Expanded, dedicado ao cineasta suíço-canadiano, com projeção dos seus três principais documentários e o Foco Miroslav Janek, autor de uma obra de grande sensibilidade, que procura auscultar as vidas privadas de comunidades menos privilegiadas, com a exibição de dois filmes do cineasta.

Doze filmes concorrem na Competição Internacional pelo Grande Prémio Porto/Post/Doc by Vinhos Verdes:

– “Era Uma Vez Brasília”, de Adirley Queirós
– “A Cidade de Fantasmas” (City Of Ghosts), de Matthew Heineman
– “O Sabor do Cimento” (Taste Of Cement), de Ziad Kalthoum
– “The First Shot”, de Federico Francioni e Yan Cheng
– “Plantas Selvagens” (Wild Plants), de Nicolas Humbert
– “Olhos de Libélula”(Dragonfly Eyes), de Xu Bing
– “Estranhos no Paraíso” (Stranger In Paradise), de Guido Hendrikx
– “Terra Solitária” (Tierra Sola), de Tiziana Panizza
– “Gray House”, de Austin Lynch e Matthew Booth
– “Lida”, de Anna Eborn
– “Meteoros (Meteors), de Gürcan Keltek
– “Makala”, de Emmanuel Gras

Os bilhetes individuais paras as sessões custam 5€, mas os estudantes, maiores de 65 anos e Tripass, pagam apenas 3€. Para os concertos Transmission o custo é de 5€. No site oficial do Porto/Post/Doc poderá consultar outras condições especiais do preçário, assim como toda a informação sobre o Festival.