24ª Edição do Festival CineEco vai decorrer no Município de Seia de 13 a 20 de outubro

CineEco – Festival Internacional de Cinema Ambiental da Serra da Estrela
Imagem: @cineecoseia

Organizado pelo Município de Seia, vai realizar-se de 13 a 20 de outubro, mais uma edição do CineEco – Festival Internacional de Cinema Ambiental da Serra da Estrela, que volta a trazer à cidade e ao país, uma seleção de filmes centrados nas temáticas de preservação ambiental.

A abertura do festival está a cargo do documentário austríaco “Mentiras Verdes”, de Werner Boote, filme que se estreou no Festival de Berlim deste ano e que mapeia as relações entre a economia e a ecologia, que discute e revela os erros de políticas das empresas relativamente aos produtos verdes e promove a necessidade de um consumo e gestão sustentável dos recursos para consumidores.

De acordo com a organização e a par das secções competitivas, são mais de 80 filmes que serão exibidos nos dois Auditórios da Casa da Cultura de Seia, numa programação que incluí ainda workshops, concertos e conversas em torno de temas que marcam o ambiente e o planeta. A grande novidade deste ano será ainda o 1º Fórum Internacional de Festivais de Cinema Ambiental, uma iniciativa em colaboração com a Green Film Network (GFN) e a Turismo do Centro, que pretende discutir a importância do cinema e dos festivais de temática ambiental para a a valorização do tema.

Confira a Seleção Oficial da 24ª edição da CineEco:

COMPETIÇÃO INTERNACIONAL LONGAS-METRAGENS
– “Muito Além da Fordlândia”, de Marcos Colón
– “A Arca de Anote”, de Matthieu Rytz
– “Ponto sem Retorno”, de Noel Dockstader e Quinn Kanaly
– “O Negócio do Leite”, de Andreas Pichler
– “(A) Social – 10 Dias Sem Telemóvel”, de Lucio Laugelli
– “Utopia Revisitada”, de Kurt Langbein
– “Didi Contractor-Casando a Terra com a Arquitectura”, de Steffi Giaracuni
– “As Pequenas Galochas Amarelas”, de John Webster
– “Até à Última Gota – A Guerra Secreta na Europa”, de Yorgos Avgeropoulos
– “A Árvore“, de André Gil Mata

COMPETIÇÃO LÍNGUA PORTUGUESA LONGAS-METRAGENS
– “Desperdício Desperdiçado”, de Pedro Serra
– “Deserto Verde”, de Davide Mazzocco
– “Kalunga”, de Bernardo Gramaxo
– “Água Negra”, de Ricardo A. Nascimento e David Ochoa
– “Construindo Pontes”, de Heloisa Passos
– “Nove Meses de Inverno e Ttrês Meses de Inferno”, de João Pedro Marnoto

Consulte todas as informações sobre o festival e a programação completa no site oficial do Cine’Eco.

Artigos relacionados

Contribua com a sua opinião!

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *