“The League of Wives”: Reese Witherspoon vai produzir filme sobre uma história pouco conhecida da Guerra do Vietname

Reese Witherspoon vai produzir o filme The League of Wives

A produtora Hello Sunshine, de Reese Witherspoon, vai produzir para a Fox 2000 um novo filme sobre uma história pouco conhecida, mas fundamental, da Guerra do Vietname. De acordo com o The Hollywood Reporter, o projeto intitulado “The League of Wives”, será uma adaptação ao grande ecrã de um futuro livro de não ficção da escritora Heath Hardage Lee.

O livro, que só será publicado em abril de 2019, está centrado num grupo de mulheres – esposas de militares que nunca se descreveram como feministas – que se uniram para salvar os seus maridos. Durante a Guerra do Vietname, quando os os piloto de caça foram abatidos e presos durante anos, sob condições deploráveis, ​​ o grupo de esposas dos militares transformaram-se numa liga de lobistas, ativistas de direitos humanos e até como espiões, determinadas a fazerem tudo ao seu alcance para trazerem de volta a casa os seus cônjuges. Em 1973, o grupo conseguiu resgatar 115 soldados americanos.

“Na Hello Sunshine, fazemos esforços para mostrar personagens femininas corajosas e brilhantes, e as mulheres da League of Wives são tudo isso e muito mais. Desde o primeiro minuto em que ouvi falar sobre essa história verdadeira e inspiradora, sabia que era perfeita para nós”, disse Witherspoon.

Lee é curadora de museus e escritora de histórias de mulheres. O seu livro, cujo título completo é “The League of Wives: The Untold Story of the Women Who Took on the President, the Pentagon and the Rest of the US Government to Bring Their Husbands Home”, é parcialmente baseado na sua exposição no museu sobre o mesmo assunto.

Como atriz, Witherspoon fez parte do elenco de “Uma Viagem no Tempo“, uma aventura familiar de Ava DuVernay que já esteve para estrear nos nossos cinemas. Atualmente está a trabalhar na série televisiva “Big Little Lies” e tem em pré-produção o terceiro filme da franquia “Legalmente Loira”.

Artigos relacionados

Contribua com a sua opinião!

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *