“The Brutalist” é o título do próximo projeto do realizador de “Vox Lux”

Brady Corbet vai escrever e dirigir The Brutalist

O realizador Brady Corbet, que se estreou com “A Infância de um Líder” e cujo mais recente filme “Vox Lux”, protagonizado por Natalie Portman e Jude Law vem conquistando alguns prémios, revelou numa conversa à Variety os temas do seu próximo projeto, enquanto participava no Festival de Cinema de Estocolmo, na Suécia.

Intitulado “The Brutalist”, o filme gira em torno de um arquiteto judeu, nascido na Hungria, que emigra para os EUA após o fim da Segunda Guerra Mundial. O filme regista 30 anos da vida desse personagem e outros.

Embora seja um filme de época, terá ressonância contemporânea. Segundo o cineasta: “The Brutalist é sobre um personagem que sobreviveu aos campos de concentração, bem como a sua esposa, mas que está preso num campo de pessoas deslocadas na fronteira húngara”, disse Corbet.

“Este é um filme que tenta dar uma olhada no que significaria perder tudo o que você construiu, o que isso faria com a sua psique. Quando pensamos no que foi perdido durante a guerra, geralmente pensamos sobre as vidas humanas que foram perdidas, mas raramente pensamos nos meios de subsistência que foram perdidos”, acrescentou.

Corbet está atualmente a escrever o guião com a sua esposa, a cineasta norueguesa Mona Fastvold. A Andrew Lauren Productions, que produziu “Vox Lux” (estreia em Portugal a 10 de janeiro), vai produzir este projeto que será rodado em Filadélfia e filmado em inglês, iídiche, húngaro e um pouco de italiano.

Artigos relacionados