“RoboCop”: Neill Blomkamp vai dirigir a nova sequela direta do filme original

Neill Blomkamp vai dirigir RoboCop Returns

A MGM está a desenvolver um novo filme da franquia RoboCop e contratou Neill Blomkamp para dirigir o projeto com o título “RoboCop Returns”, descrito como uma sequela direta do filme original, “Robocop – O Polícia do Futuro (1987)”, do realizador Paul Verhoeven.

Edward Neumeier e Michael Miner, argumentistas do primeiro filme, já tinham pronto um guião para uma anunciada sequela que nunca aconteceu e que agora está a ser reescrito por Justin Rhodes, que faz parte da equipa de escritores do próximo reboot de “Exterminador Implacável”.

No original, Peter Weller interpretou Alex Murphy, um agente morto em serviço, transformado em RoboCop, um policia ciborgue encarregado de erradicar o crime no estado de Detroit, mas que é atormentado pelas memórias submersas da sua vida anterior. Com o sucesso alcançado foram produzidas duas sequelas e algumas séries televisiva.

A própria MGM também aproveitou o conceito para lançar em 2014 uma versão dirigida pelo brasileiro José Padilha, com Joel Kinnaman a protagonista. O filme não foi bem recebido no mercado interno, mas acabou por arrecadar US$ 240 milhões em todo o mundo, com destaque para o mercado chinês.

“RoboCop Returns” servirá para reavivar a franquia e na curta sinopse divulgada, a história estará novamente ambientada em Detroit, uma cidade onde reina a anarquia até à chegada de RocoCop, um regresso triunfante para combater o crime e a corrupção, devolvendo a segurança aos seus habitantes.

Depois de ter dirigido “Distrito 9″,”Elysium” e “Chappie”, Blomkamp tem em pré-produção o thriller “Greenland”, com Chris Evans anexado como protagonista, projeto que provavelmente irá rodar antes de por as mãos no novo RoboCop.

Artigos relacionados

Contribua com a sua opinião!

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *