Pedro Almodóvar reúne Antonio Banderas e Penélope Cruz no elenco de “Dolor y Gloria”

Depois de ter dirigido “Julieta”, em 2016, Pedro Almodóvar já está a preparar o seu novo filme. Com o título “Dolor y Gloria”, o cineasta vai reunir-se com estrelas com quem tem vindo a trabalhar desde que se iniciou na década de 1970.

Dos nomes mais importantes destaca-se Antonio Banderas (Bullet Head – O Último Golpe) e Penélope Cruz (Um Crime no Expresso do Oriente), num elenco em que também estão para já incluídos Asier Etxeandía e Julieta Serrano, mas ao contrário do seu último trabalho, este será um filme com protagonistas masculinos (Banderas e Etxeandía), estando reservado para Cruz e Serrano “papéis secundários essenciais”.

Segundo Almodóvar a trama narra “uma série de desencontros, alguns reais e outros relembrados passadas décadas, de um realizador já no ocaso da sua carreira. Falará sobre os primeiros amores, os segundos amores, a mãe, a mortalidade, mas também de um ator com quem trabalhou, os anos sessenta, os anos oitenta, a actualidade e o vazio, o imensurável vazio ante a possibilidade de continuar a filmar. Fala também da criação, cinematográfica e teatral, e da dificuldade em separar a criação da própria vida.”

Esta será a 21ª longa-metragem do realizador espanhol de 68 anos, que começará a ser rodada na primeira quinzena do próximo mês de julho, tendo em vista a estreia nos cinemas em 2019.

Artigos relacionados