Michael Chaves vai substituir James Wan na realização de “The Conjuring 3”

Michael Chaves substitui James Wan na realização de The Conjuring 3

James Wan, que dirigiu os dois primeiros filmes da franquia “The Conjuring”, não vai estar atrás das câmaras no terceiro filme. Segundo o The Hollywood Reporter, o cineasta encontrou em Michael Chaves o realizador à altura para o substituir no comando das filmagens de “The Conjuring 3” para a New Line.

“Enquanto trabalhava de perto com Chaves em The Curse of La Llorona, conheci-o como cineasta. A habilidade de Chaves em trazer emoção para uma história e a sua compreensão de humor e sustos, fazem dele um ajuste perfeito para dirigir o próximo filme de The Conjuring”, disse num comunicado Wan, que permanecerá intimamente envolvido como produtor, através de sua empresa de produção Atomic Monster.

Sobre a sua contratação, Chaves declarou: “Sou um grande fã dos filmes de The Conjuring. Esses filmes são uma rara combinação que brinda o coração com tremendos e incríveis sustos. É uma emoção total e uma honra absoluta estar a trabalhar novamente com James e a equipa da New Line.”

David Leslie Johnson, que trabalhou no segundo filme e no próximo “Aquaman”, de Wan, está a escrever o guião, que mais uma vez acompanhará o casal de investigadores paranormais Ed e Lorraine Warren, protagonizados nos filmes anteriores por Patrick Wilson e Vera Farmiga respetivamente e que voltarão a repetir os papéis neste terceiro capítulo.

O universo da franquia The Conjuring foi projetado cuidadosamente pela New Line com sequelas, prequelas e spin-offs. O recente “The Nun: A Freira Maldita” tornou-se até agora o mais bem-sucedido lançamento, ao arrecadar nas bilheteiras mundiais, até este momento, a formidável quantia de US$ 334,8 milhões .

Artigos relacionados