Margot Robbie poderá juntar-se a Jared Leto no biopic sobre o fundador da Playboy

Uma semana depois de ter sido anunciado pela RatPac Entertainment que a cinebiografia de Hugh Hefner, o fundador da Playboy, seria protagonizado por Jared Leto, chega agora a notícia de que o ator poderá ser acompanhado por uma parceira muito familiar.

Segundo o tablóide britânico The Mirror, Margot Robbie está em negociações para interpretar uma das três esposas do magnata, embora não fosse revelado qual delas. Hefner casou-se pela primeira vez em 1949, com Mildred Williams, de quem se separou dez anos depois. Entre 1989 e 1998 esteve casado com a Playmate do Ano, Kimberley Conrad e em 2012, Crystal Harris, outra Playmate, tornou-se na terceira esposa, com quem viveu até à morte de Hefner, no passado mês de setembro, aos 91 anos.

Ironicamente, há uns anos atrás, a atriz recusou uma oferta de Hefner para aparecer na Playboy Magazine. Uma fonte ligada à produção disse que: “”Margot desistiu da oferta antes, mas isto é diferente. Ela está a considerando a proposta. Jared está a trabalhar no filme com o seu amigo Brett Ratner [o realizador] e ambos estão realmente a fazer pressão para que Margot tenha um papel importante. Ela é perfeita e ele não vai desistir até que ela aceite.”

O biopic deverá narrar crónicas da sua juventude, a criação da Playboy e as típicas agitações sociais de Hefner.

A atriz que trabalhou com Leto em “Esquadrão Suicida“, está previsto aparecer nos cinemas portugueses em fevereiro de 2018, como a patinadora Tonya Harding em “I, Tonya” e por alturas da Páscoa do próximo ano, regressará com a animação “Peter Rabbit”, onde dá voz a um dos personagens. Atualmente está envolvida nas filmagens de “Mary Queen of Scots”, onde interpreta a rainha Elizabeth I.