M. Night Shyamalan anunciou que já está a desenvolver um novo projeto de ficção científica

M. Night Shyamalan anunciou novo projeto Sci-Fi

Depois do lançamento de “Glass“, o crossover/sequela de “O Protegido” e “Fragmentado”, o cineasta indiano M. Night Shyamalan revelou que chorou depois das críticas negativas dos fãs. Mas ao que tudo indica, as lágrimas já secaram e o realizador, já recuperado da deceção, está a desenvolver um novo filme de ficção científica.

O anúncio foi feito pelo próprio Shyamalan com um post curto na sua conta oficial do Twitter, onde diz: “Delineando um novo filme. Tem um pouco de diversão sci-fi . É tão bom começar uma nova história.”

Ainda sem título e nos estágios iniciais, o novo projeto do cineasta é muito mais que um mistério neste momento. No entanto, a ficção científica não é um género desconhecido para Shyamalan, já que, em 2002, dirigiu o filme “Sinais”, com Mel Gibson e Joaquin Phoenix a protagonistas, sendo considerado um dos melhores filmes da sua carreira. Porém, a carreira do cineasta é muito divisiva e em 2013, o thriller pós-apocalíptico “Depois da Terra”, com Will Smith e Jaden Smith, foi alvo de muitas críticas desfavoráveis.

Numa consulta ao site IMDB, nos créditos do realizador consta o drama de mistério romântico “Labour of Love”, que segundo a descrição, segue um homem víuvo que embarca numa viagem a pé pelo país para provar o amor pela sua falecida esposa. Só que, provavelmente, não terá nada a ver com o novo filme, pois trata-se de um projeto antigo, cujo guião foi escrito por Shyamalan e vendido à 20th Century Fox em 1993. Durantes estes anos, Denzel Washington e Bruce Willis foram apontados como protagonistas, mas até ao momento ainda não saíu do papel.

Após as respostas medíocres de “O Acontecimento”, “O Último Airbender”e “Depois da Terra”, Shyamalan começou a autofinanciar os seus filmes o que lhe permite fazer exatamente o tipo de filme que quer sem interferência do estúdio, algo que muitos outros realizadores gostariam de conseguir.

“Glass” só lhe custou US$ 20 milhões para produzir e acabou por ganhar mais de US$ 246 milhões nas bilheteiras de todo o mundo, então, mesmo que tenha derramado lágrimas, o indiano decerto que sorriu com os números que foram parar à sua conta bancária.

Artigos relacionados