Jill Soloway substituiu Bryan Singer na realização da nova adaptação de “Red Sonja”

Jill Soloway vai dirigir a adaptação de Red Sonja

Segundo o Deadline, Avi Lerner, fundador da Millennium Films, nomeou a realizadora Jill Soloway, criadora da série da Amazon Prime, “Transparent”, para dirigir a nova adaptação ao grande ecrã de “Red Sonja”, substituindo o demitido Bryan Singer (X-Men: Apocalipse), cineasta que foi afastado do cargo na sequência de acusações de abuso sexual e má conduta.

A contratação de Soloway é um movimento estratégico sólido da parte de Lerner, substituindo o problemático diretor Singer num clima de Hollywood que mostra pouca tolerância para os acusados ​​do movimento #MeToo.

“Red Sonja” é baseado na heroína criada por Roy Thomas, editor da Marvel (na década de 1970), inspirada em contos de Robert E. Howard, ligada ao universo de “Conan, o Bárbaro”, que apareceu em centenas de revistas de banda desenhada ao longo de décadas.

A primeira adaptação ao grande ecrã foi em 1985, com o título português “Kalidor: A Lenda do Talismã”, com Brigitte Nielsen a dar vida à personagem, filme em que Arnold Schwarzenegger interpretou o Príncipe Kalidor (um clone de Conan).

O projeto já se encontra em desenvolvimento há mais de uma década, quando Robert Rodriguez (Alita: Anjo de Combate) anunciou que estava a trabalhar numa versão do filme que teria como protagonista Rose McGowan. No entanto, essa versão do filme nunca se concretizou

Artigos relacionados

Contribua com a sua opinião!

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *