“Hello Brother”: Moez Masoud vai dirigir filme sobre os ataques terroristas a duas mesquitas da Nova Zelândia

Moez Masoud vai dirigir o filme Hello Brother

O produtor egípcio Moez Masoud vai estrear-se na cadeira da realização com “Hello Brother”, um filme sobre os ataques terroristas mortais a duas mesquitas da Nova Zelândia, que culminaram em mais de 50 vítimas mortais.

O filme, cujo título é inspirado nas palavras de uma das vítimas, vai seguir uma família que enfrentou a morte e destruição no Afeganistão, mas que escapam com vida. A sua história combina com os recentes ataques de um homem – um australiano de 28 anos – que disparou a matar contra homens e mulheres que rezavam na mesquita Al Noor e no centro islâmico Linwood, na cidade de Christchurch.

“Em Christchurch, a 15 de março, o mundo testemunhou um crime indescritível contra a humanidade. A história que o Hello Brother levará ao público apenas um passo no processo de cura, para que todos possamos nos entender melhor e as causas profundas do ódio, do racismo, da supremacia e do terrorismo”, disse Masoud, que estudou em Cambridge, sendo também um notável palestrante.

De momento não há informações sobre o início da produção, nem da possível data para estreia nos cinemas.

Artigos relacionados