Emilia Clarke vai interpretar a poetisa Elizabeth Barrett em “Let Me Count the Ways”

Emilia Clarke vai interpretar a poeta Elizabeth Barrett em Let Me Count the Ways
Emilia Clarke em “Guerra dos Tronos”

Conhecida pelo seu papel como Daenerys Targaryen na série televisiva “Guerra dos Tronos”, Emilia Clarke (Han Solo: Uma História de Star Wars) vai retratar no grande ecrã a poeta inglesa da época vitoriana Elizabeth Barrett (1806-1861).

Intitulado “Let Me Count the Ways”, o filme será dirigido pelo sueco Björn Runge (A Mulher), a partir de um guião escrito pela argumentista britânica Paula Milne, que contará a história real de amor entre Barrett e o dramaturgo Robert Browning.

Ambientado em meados do século XIX, a trama do filme seguirá a poeta que, depois de ganhar fama e reconhecimento mundial pela sua poesia, mas, enfraquecida por uma doença misteriosa, vive como uma iválida reclusa em Londres. Mas quando o jovem e impulsivo Browning entra na sua vida, desperta nela uma paixão que anteriormente só tinha escrito. Quanto mais os dois se aproximam, mais o bilionário pai de Barret luta para manter o controlo sobre ela.

Entre as obras da poetisa encontra-se “Sonetos Portugueses” (Sonnets from the Portuguese), uma colecção de 44 sonetos de amor, escritos no período que antecedeu o seu casamento com Browning e que foram muito aclamados pela crítica. Por serem demasiados pessoais, a poeta estava relutante em publicá-los, mas com a insistência de Browning e para proteger a privacidade do casal, foram publicados como traduções de sonetos estrangeiros.

Por esse motivo, a colecção foi inicialmente conhecida como “Sonetos Bósnios”, até que Robert sugeriu-lhe que alterasse a proveniência imaginária dos sonetos do Bósnio para o Português, pois ela, para além de ser uma grande admiradora de Camões, era afectuosamente tratada por Robert Browning como a “pequena portuguesa”.

Artigos relacionados