Dexter Fletcher vai substituir Bryan Singer na cinebiografia “Bohemian Rhapsody”

Dexter Fletcher, realizador do filme biográfico “Eddie, a Águia“, vai ter pela frente um projeto do mesmo género, ao ser definido como substituto de Bryan Singer na realização da cinebiografia “Bohemian Rhapsody”, filme que irá narrar a carreira da banda britânica Queen e do seu vocalista Freddie Mercury.

O filme que já estava em produção desde o mês de setembro, teve de sofrer uma paragem, porque Singer não regressou às filmagens após o Dia de Ação de Graças, originando alguma preocupação entre os produtores, que se decidiram pela sua demissão.

Os motivos que levaram à troca do realizador, ainda não são muito claros, mas segundo alguma imprensa especializada, teve a ver com conflitos anteriores com o ator Rami Malek, estrela da série televisiva ‘Mr. Robot’ que interpreta o malogrado cantor Mercury. Posteriormente, Singer desmentiu esta versão, alegando problemas de saúde com o seu pai, que o deixaram algo abalado.

Já com Fletcher confirmado, o projeto da 20th Century Fox retomará as filmagens na próxima semana, mantendo a data inicialmente marcada para lançamento nos cinemas, o dia 25 de dezembro de 2018.

Neste biopic, além de Malek, a banda Queen será interpretada por Ben Hardy, no papel do baterista Roger Taylor, Gwilym Lee como o lendário guitarrista Brian May e Joe Mazzello na pele de John Deacon.

“Bohemian Rhapsody”, uma alusão a um dos êxitos dos Queen, pretende mostrar os primeiros passos da banda britânica de rock, desde que se formaram em Londres no ano de 1970 e a sua ascensão até à apoteótica apresentação em 1985, no festival Live Aid, transmitido em direto para quase dois biliões de espectadores, em mais de 100 países. Segundo se consta, a longa-metragem não deverá apresentar factos relacionados com a morte de Mercury, ocorrida a 24 de novembro de 1991, quando perdeu a luta contra a SIDA.

Artigos relacionados