Danny Boyle está no topo da lista de favoritos para dirigir “Bond 25”

Depois de Sam Mendes ter dirigido com sucesso os dois filmes anteriores da franquia “007” e de Christopher Nolan ter revelado que não seria o realizador do próximo filme, a MGM e a Eon andam empenhadas em contratar um novo cineasta para assumir o comando de “Bond 25”.

Segundo a Variety, Danny Boyle, realizador de “Steve Jobs”, “T2: Trainspotting” e vencedor de um Óscar por “Quem Quer Ser Bilionário?”, está no topo da lista de prioridades para dirigir o novo capítulo do agente secreto britânico James Bond. Yann Demange, que se estreou em longas-metragens cinematográficas com “White Boy Rick”, era o favorito anterior dos estúdios, que agora decidiram escolher um nome mais conhecido.

Apesar de até ao momento ainda não ter sido feita uma proposta formal, Boyle, que sempre quis realizar um filme de Bond, já demonstrou interesse em tomar conta do projeto. No entanto e caso venha a ser contratado para dirigir o vigésimo quinto da saga, o cineasta terá de adiar os trabalhos que está a desenvolver para a Working Title.

Daniel Craig que se estreou como James Bond em “007: Casino Royale (2006)”, voltará pela quinta vez a repetir o papel em “Bond 25”, cuja estreia está prevista para 2019. Segundo o ator, esta será a última interpretação como o famoso agente secreto.

Recorde-se que os dois capitulos anteriores dirigidos por Mendes, tornaram-se nos filmes com maiores receitas de bilheteira da série. “007: Skyfall (2012)” arrecadou a nível mundial mais de 1,1 mil milhões de dólares e “007: Spectre (2015)”, ultrapassou os US$ 880 milhões em todo o mundo.

Artigos relacionados