Daniel Radcliffe será um ativista anti-apartheid em ‘Escape From Pretoria’

Daniel Radcliffe (Mestres da Ilusão 2) foi anunciado como protagonista do thriller ‘Escape From Pretoria’, filme inspirado numa história real e baseado na autobiografia “Inside Out: Escape From Pretoria Prison”, de Tim Jenkin, um escritor sul-africano, ex-prisioneiro político e fugitivo da prisão.

O ator britânico irá interpretar Jenkin, o ativista anti-apartheid que fugiu de uma prisão de segurança máxima de Pretória, na África do Sul, em 1978, junto com os seus companheiros Stephen Lee e Alex Moumbaris.

Jenkin foi acusado de produzir e distribuir panfletos em nome de organizações proibidas, incluindo o Congresso Nacional Africano (ANC) de Nelson Mandela. Foi preso, declarou-se culpado de todas as acusações e recebeu uma sentença de 12 anos. Mais tarde, junto com os amigos, encetou uma das fugas mais incríveis da história, ao fabricar chaves de madeira para todas as dez portas da fortaleza. Fugiram para Londres e nunca mais foram capturados.

‘Escape from Pretoria’, que foi escrito e será dirigido pelo realizador Francis Annan, começará a ser filmado no início de 2018, em localizações da África do Sul.

Este é o segundo projeto com Radcliffe a ser adquirido no Mercado de Filmes que está a decorrer em Cannes, depois da comédia de ação ‘Guns Akimbo’. Recentemente, foi também anunciado para a comédia televisiva ‘Miracle Workers’, onde vai dividir o protagonismo com Owen Wilson (Masterminds – Golpada de Mestre).