CORRESPONDÊNCIAS

O filme foi inspirado pelas cartas trocadas entre dois poetas maiores da língua portuguesa, Sophia de Mello Breyner Andresen e Jorge de Sena, durante os anos de exílio deste último (1957-78).

Por razões políticas e circunstâncias da vida, Jorge de Sena viu-se forçado a partir para o Exílio. Foi primeiro para o Brasil e, mais tarde, para os E.U.A., onde seguiu carreira académica. Sena nunca conseguiu voltar para o seu país.

A correspondência entre os dois poetas testemunha uma continuada busca da liberdade, numa época de grande pressão, vivida sob o fascismo. Ao mesmo tempo, as cartas revelam uma profunda afinidade entre dois seres. Estamos perante esse sentimento raro, a Amizade, que sobrevive ao tempo e à ausência e que ambos querem levar intacta até à morte.

Através da poesia e desta escrita epistolar, o filme constitui um diálogo extenso no tempo e no “desejo de suprir anos de distância em horas de conversa”. Simultaneamente, o filme procura correspondências com as nossas próprias vidas, ficcionando sobre as ligações e correntes que nos mantêm juntos.

FICHA TÉCNICA

  • Título original : Correspondências
  • Género : , ,
  • Ano : 2016
  • Realizador(es) : Rita Azevedo Gomes
  • Elenco : Mário Barroso, Luís Miguel Cintra, Tânia Dinis
  • País(es) : Portugal - Argentina - Brasil - França - Grécia
  • Duração : 2h 25m

TRAILER

Artigos relacionados