Começa hoje a 10ª edição do FESTin – Festival de Cinema Itinerante da Língua Portuguesa

Programação do festival FESTin 2019

A partir desta quarta-feira (15) e até 22 de maio, vai decorrer em Lisboa a 10ª. edição do FESTin – Festival de Cinema Itinerante da Língua Portuguesa. Para comemorar uma década de resistência a exibir apenas títulos de língua portuguesa, a organização ampliou os espaços. Para além do tradicional Cinema São Jorge e da retomada da parceria com o Instituto Cervantes, o Fórum Lisboa (Av. de Roma) servirá de base para a sessão de abertura e o Cinema City Alvalade sediará a totalidade das sessões competitivas do FESTin.

Na programação constam 45 filmes, entre curtas e longas-metragens, tendo sido escolhido para abrir o festival a produção brasileira “Aos Teus Olhos”, de Carolina Jabor, que faz parte da Competição Oficial de Ficção. Na sessão de encerramento será exibido em antestreia nacional “Sai de Baixo: O Filme“, uma comédia realizada por Cris D’Amato, baseado na popular sitcom criada em 1996 pela TV Globo.

Além da secção de ficção, composta por seis filmes, estarão em competição na secção de documentários oito produções e na de curtas-metragens treze filmes, que serão exibidos em duas sessões. Outras secções incluem a Mostra do Cinema Brasileiro, a Mostra de Documentários, a Mostra Latim – a Língua em Movimento, a Festinha, o FESTin + para 3ª idade e a Mostra Inclusão Social.

Entre as diversas atividades paralelas, o destaque vai para a masterclass “Teoria Geral de Séries”, ministrada pela argumentista brasileira Júlia Priolli, em parceria com o Guiões – Festival do Roteiro de Língua Portuguesa e para a mesa redonda sobre coprodução audiovisual entre países da língua portuguesa.

O FESTin é organizado pela ASCULP – Associação Cultura e Cidadania da Língua Portuguesa e realizado pela Padrão Actual, em coprodução com Producers NGM Produções e Promoções, e parceria estratégica com a Câmara de Lisboa.

Para mais informações sobre a programação, consulte o site oficial do FESTin. Confira agora os títulos dos filmes que integram as secções competitivas:

COMPETIÇÃO FICÇÃO
– “Aos Teus Olhos”, de Carolina Jabor
– “Boni Bonita”, de Daniel Barosa
– “Ferrugem”, de Aly Muritiba
– “O Olho e a Faca”, de Paulo Sacramento
– “Todas as Canções de Amor”, de Joana Mariani
– “Unicórnio”, de Eduardo Nunes

COMPETIÇÃO DOCUMENTÁRIOS
– “Início do Fim”, de Francisco Junior Gonçalves
– “Lusófonas”, de Carolina Paiva
– “Marias da Sé”, de Filipe Martins
– “Missão 115”, de Sívio Da-Rin
– “O Incerto Lugar do Desejo”, de Paula Trabusi
– “Saudade Mundão”, de Julia Hannud e Catharina Scarpellini
– “Tarrafal – Dez Pancadas no Carril”, de João Paradela
– “O Pequeno Escritor”, de Julio Silva

COMPETIÇÃO CURTAS-METRAGENS

SESSÃO 1
– “A Casa Amarela”, de Ana Lopes
– “Avesso”, de Francisco Colombo
– “A Viagem de Ícaro”, de Kaco Olimpio e Larissa Fernandes
– “Bruma”, de Sofia Cachim, Gabriel Peixoto, Mónica Correia e Daniela Santos
– “Depois”, de Marcello Quintella
– “Grito”, de Luiz Cassol
– “Ruptura”, de Gonçalo Santos
– “4 Poetas de Maputo”, de Igor Pereira

SESSÃO 2
– “A mulher que eu era”, de Karen Suzane
– “Às vezes sou pessoa, às vezes sou dinossauro”, de Rosana Soares
– “Cetim Rosa”, de Isabella Melo
– “O Mambo”, de Nuno Barreto
– “5 Cigarrilhas”, de Passos Zamith

Artigos relacionados

Contribua com a sua opinião!

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *