Clint Eastwood volta a ser pretendido para dirigir “The Ballad of Richard Jewell”

Clint Eastwood pode dirigir o filme The Ballad of Richard Jewell

Clint Eastwood, que recentemente dirigiu e protagonizou “Correio de Droga”, volta a estar no centro das atenções da 20th Century Fox, agora da Disney, para dirigir “The Ballad of Richard Jewell”, um filme sobre Richard Jewell, um policia que passou de herói a vilão após encontrar uma bolsa suspeita, no parque principal das Olimpíadas de Atlanta, em 1996.

O conceituado cineasta já esteve ligado ao projeto em 2015, numa altura em que Jonah Hill (The Beach Bum: A Vida Numa Boa) esteve anexado para interpretar Jewell e Leonardo DiCaprio (The Revenant: O Renascido) no papel do seu advogado de defesa e amigo da família. No entanto, nenhum deles assinou contrato até agora, e se Eastwood chegar a acordo, é possível que queira escolher o seu elenco.

O filme é baseado no artigo com igual título escrito por Marie Brenner e publicado pela Vanity Fair em fevereiro de 1997.A história passou-seno Centennial Olympic Park e na altura, Jewell com 30 anos de idade encontrou uma bolsa abandonada, alertando as autoridades que evacuaram a área, antes da bomba rebentar, provocando estragos bem menores, do que o presumivel terrorista pretendia, graças à sua intervenção, sendo considerado um herói.

Três dias depois, foi acusado de ser o responsável pela colocação do artefato explosivo com o intuito de se tornar um falso herói, mas que acabou por ser o vilão. Três meses depois, o verdadeiro herói americano nunca recuperou totalmente a sua reputação e a confiança em si mesmo. Jewell, que mais tarde se tornou policia, morreu em 2007 de um ataque cardíaco aos 44 anos de idade. Em 2005, Eric Robert Rudolph declarou-se culpado do delito.

Billy Ray escreveu o guião do filme, que está previsto começar a ser filmado neste verão. Hill e a Appian Way, de DiCaprio vão produzir o projeto.

Artigos relacionados