Bryan Singer foi afastado da realização da nova adaptação de “Red Sonja”

Bryan Singer demitido de realizador de Red Sonja

Apesar de no início deste ano ter sido confirmado como realizador da nova adaptação de “Red Sonja”, mesmo depois das várias acusações de assédio sexual e má conduta, Bryan Singer (X-Men: Apocalipse) foi afastado do cargo pela Millennium Films.

Segundo o The Hollywood Reporter, Avi Lerner, o fundador do estúdio iria produzir o filme, resolveu demitir o cineasta porque não foi capaz de assegurar um distribuidor nos EUA para o projeto com Singer anexado, Face às notícias divulgadas num artigo da Atlantic, em que o cineasta foi novamente acusado de pedofilia.

Em desenvolvimento há mais de uma década, ainda não se sabe se a Millennium irá imediatamente contratar um novo realizador para avançar com a produção ou se o projeto voltará a cair no limbo.

“Red Sonja” é baseado na heroína criada por Roy Thomas, editor da Marvel (na década de 1970), inspirada em contos de Robert E. Howard, ligada ao universo de “Conan, o Bárbaro”, que apareceu em centenas de revistas de banda desenhada ao longo de décadas.

A primeira adaptação ao grande ecrã foi em 1985, com o título português “Kalidor: A Lenda do Talismã”, com Brigitte Nielsen a dar vida à personagem, filme em que Arnold Schwarzenegger interpretou o Príncipe Kalidor (um clone de Conan).

Artigos relacionados