Austin Butler foi o eleito para interpretar Elvis Presley na cinebiografia de Baz Luhrmann

Austin Butler foi o eleito para interpretar Elvis Presley

Após os testes efetuados a quatros candidatos, o realizador Baz Luhrmann, que vai dirigir a cinebiografia de Elvis Presley, já escolheu o ator que irá dar vida ao icónico rei do rock. O eleito foi Austin Butler, que faz parte do elenco de “Os Mortos não Morrem“, de Jim Jarmusch e que será visto novamente nos nossos cinemas no mais recente trabalho de Quentin Tarantino “Era Uma Vez em… Hollywood “.

Butler, que completa 28 anos a 17 de agosto, levou a melhor sobre um grupo finalista de talentosos jovens atores que incluía Ansel Elgort (Baby Driver – Alta Velocidade), Miles Teller (Só Para Bravos) e o conhecido membro da boy band britânica “One Direction”, Harry Styles (Dunkirk), além de Aaron Taylor-Johnson (O Muro), que em certo ponto as notícias apontavam para também estar entre os favoritos.

“Sabia que não poderia fazer este filme sem o casting adequado, e por isso procuramos a fundo o ator ideal com capacidade de evocar o singular movimento natural e as qualidades vocais de uma estrela sem igual, mas também a vulnerabilidade interna do artista”, disse Luhrmann

O realizador ainda acrescentou que: “Durante o processo, foi uma honra para mim encontrar-me com uma grande variedade de talentos. Já tinha ouvido falar de Austin Butler pelo seu destacado papel em “The Iceman Cometh” na Broadway, e durante uma extensa prova de testes de ecrã, música e interpretação, soube inequivocamente que encontrei alguém que poderia encarnar o espírito de uma das figuras musicais mais emblemática da história.”

Como anunciado anteriormente, Tom Hanks (The Post) foi o primeiro nome a ser confirmado no elenco do biopic, no qual interpretará o “coronel” Tom Parker, que o descobriu Presley quando ele era ainda um desconhecido, sendo também o responsável pelo contrato de gravação do famoso cantor com a RCA e a sua carreira de sucesso.

O projeto da Warner Bros. Pictures pretende alcançar o sucesso obtido pelos recentes filmes biográficos “Bohemian Rhapsody“, sobre a banda Queen e o seu vocalista Freddie Mercury, e”Rocketman“, centrada no cantor Elton John.

Ainda sem título oficial e sem data definida para a estreia nos cinemas, o guião escrito por Luhrmann em parceria com Craig Pearce, contará a relação entre o veterano gerente e o jovem cantor, que veio de origens pobres para se tornar na icónica estrela que mudou o curso da música.

Artigos relacionados