Ana de Armas em negociações para interpretar Marilyn Monroe no filme biográfico “Blonde”

Ana de Armas pode interpretar Marilyn Monroe em Blonde

O realizador Andrew Dominik (Mata-os Suavemente), que anda há décadas a tentar desenvolver “Blonde”, uma cinebiografia de Marilyn Monroe, parece que vai finalmente avançar com o projeto que está agora na Netflix e que, segundo o Collider, poderá contar com Ana de Armas para dar vida à famosa estrela de Hollywood.

No entanto, é importante realçar que a atriz cubana ainda não fechou qualquer contrato, estando apenas em negociações iniciais. Além disso, a gigante de streaming ainda não anunciou oficialmente o filme, embora esteja previsto para começar a ser produzido já neste verão.

O guião escrito pelo próprio realizador, é baseado no livro escrito por Joyce Carol Oates, publicado no ano 2000, sobre Norma Jeane Mortenson, conhecida mundialmente como Marilyn Monroe e que, segundo a sinopse do livro ela era “puro fogo, sexualidade à flor da pele, romances turbulentos, mas também frágil, uma mulher assustada e cheia de inseguranças. Uma artista emblemática carregada de conflitos e temores, que chegou a enganar a própria morte para se tornar numa lenda”.

Ao longo dos anos, outros nomes foram associados para interpretar um dos maiores símbolos sexuais do século XX, imortalizada pelos seus cabelos loiros e as suas formas voluptuosas. Em 2010, Naomi Watts (Vice) foi contratada e mais recentemente, Jessica Chastain (X-Men: Fénix Negra) foi mencionada como uma possível opção. Algumas fontes também afirmam que, se Armas não chegar a acordo, Katharine McPhee ou Megan Hilty talvez possam assumir o papel.

A cubana, que completa 31 anos em abril, foi vista nos nossos cinemas em 2017 nos filmes “Overdrive – Os Profissionais” e “Blade Runner 2049”. Este ano regressa com a comédia dramática de fantasia, “Yesterday”, de Danny Boyle e com o drama criminal “O Informador”, de Andrea Di Stefano.

Artigos relacionados