4ª edição do Queer Porto arranca esta quarta-feira com o filme “Bixa Travesty”

4ª edição do Festival Queer Porto 2018

De 10 a 14 de Outubro, o Queer Porto – Festival Internacional de Cinema Queer, está de volta à Cidade Invicta na sua 4ª edição, com uma programação que se divide entre o Teatro Municipal Rivoli, Maus Hábitos e as instalações da Mala Voadora, com uma seleção de filmes inéditos, performances, instalações e a presença de vários convidados internacionais.

A abertura do festival está a cargo de “Bixa Travesty”, de Kiko Goifman e Claudia Priscilla, vencedor do prémio de Melhor Documentário do Teddy Award da Berlinale, um imaginativo e desafiante filme, dominado pela presença no ecrã da eletrizante Linn da Quebrada. Para o encerramento foi escolhido o filme de Jean-Bernard Marlin, “Shéhérazade”, que se estreou na passada edição do Festival de Cannes, descrito como uma poderosa ficção sobre o universo dos trabalhadores do sexo na cidade de Marselha.

A Competição Oficial é composta por 8 filmes:
– “1985”, de Yen Tan
– “Call Her Ganda”, de PJ Raval
– “Permanent Green Light”, de Dennis Cooper e Zac Farley
– “The Rest I Make Up”, de Michelle Memran
– “Soldiers. Story from Ferentari”, de Ivana Mladenovic
-“L’Animale”, de Katharina Mückstein
– “Dykes, Camera, Action!”, de Caroline Berler
-“Les Garçons Sauvages”, de Bertrand Mandico

A par da Competição Oficial, o Teatro Rivoli também acolhe a Competição “In My Shorts”, de filmes de escola portugueses e um Programa sobre o universo da moda, onde serão exibidos três filmes.

Em 2018, o Queer Porto tem como convidado especial o escritor de culto norte-americano Dennis Cooper, largamente influenciado pelos movimentos punk e queercore, que recentemente enveredou pelo cinema.

Nos Maus Hábitos serão ainda realizadas várias festas, uma delas a sessão Queer Pop este ano dedicada às bandas de culto The Knife e Fever Ray, a performance Pussy e a Festa de Encerramento com a participação dos DJ’s Simone e André Fonseca de Carvalho, e com o erotismo do carismático ícone disco-soul Alexander Geist apresentando o seu mais recente trabalho, “Speculative”. Na Mala Voadora haverá a exibição da curta metragem “No Democracy Here”, seguido de uma conversa íntima com o realizador.

Confira a programação completa no site oficial.

Artigos relacionados

Contribua com a sua opinião!

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *