“355”: Diane Kruger adicionada ao elenco do thriller de espionagem de Simon Kinberg

Diane Kruger no elenco do thriller de espionagem 355

“Estou tão extasiado por ter uma atriz do seu calibre para completar este elenco extraordinário”, disse o realizador Simon Kinberg sobre a contratação de Diane Kruger (Bem-Vindos a Marwen) para o interessante e luxuoso elenco do seu novo thriller de espionagem “355”.

A atriz vai ocupar o papel que estava destinado a Marion Cotillard (Pequenas Mentiras Entre Amigos 2), que abandoNou o projeto para se dedicar a “Nannete”, o drama musical de Leos Carax.

Kruger junta-se assim a um grupo de estrelas que inclui Jessica Chastain (Jogo da Alta-Roda), Penélope Cruz (Todos Sabem), Lupita Nyong’o (Nós), Fan Bingbing (Salva-te Se Puderes), Sebastian Stan (Vingadores: Endgame) e Edgar Ramirez (A Rapariga no Comboio).

“355” foi montado através de uma ideia original de Chastain, inspirada na Agente 355, codinome de uma espia feminina durante a Revolução Americana, uma das primeiras dos EUA e do mundo, com a esperança de ser transformada numa nova franquia, ao estilo das franquias de espionagem “Bourne”, “Missão Impossível” e “James Bond”, visando alterar um género dominado por homens, com um verdadeiro conjunto feminino.

A trama irá acompanhar um quinteto de espias internacionais, em rota de colisão. Porém, vão ter de cooperar e formar uma inusitada aliança, superando as suas suspeitas e conflitos, para usarem todos os seus talentos e treinamentos consideráveis para impedir que ocorra um evento que poderá levar o caos total ao mundo. Ao longo do caminho, tornam-se amigas e formam a facção 355, para derrotarem o inimigo em comum.

Este projeto é o segundo da carreira de Kinberg que se estreou com “X-Men: Fénix Negra“, filme que estreou esta semana nos nossos cinemas. “355” será produzido pela Freckle Films, empresa de Chastain e Kelly Carmichael.

As filmagens devem começar em julho deste ano, em Paris, Londres e Marrocos. Ainda sem data de estreia definida, a Universal Pictures já assegurou os direitos de distribuição.

Artigos relacionados